Dia Internacional da Menina

By 7 outubro 2021LAWA news

Migrar nunca é uma decisão fácil. Aqueles que o fazem, buscam melhores condições de vida, escapar da violência e da pobreza, ou apenas desejam um futuro melhor para seus filhos. Para as crianças de origem latino-americana, migrar para um país com um idioma e uma cultura muito diferentes pode ser uma experiência nova e desafiadora. Quando você chega a um novo território, a necessidade de integração pode ter um efeito emocional que pode afetar seu futuro. No caso de meninas e mulheres jovens migrantes, os desafios vão desde aprender a navegar por uma nova gama de cultura até se sentir confortável no novo espaço que habitam, aceitando as mudanças em seu corpo e comportamento. Alternativamente, elas podem ser expostas à raiva ou ao isolamento se não encontrarem amigos ou lugares onde se sintam confortáveis.

Se vivem em contextos de violência doméstica ou precariedade, as meninas e jovens se sentem na incômoda posição de serem mediadoras entre os pais, ou totalmente ignoradas ou violadas. Se os pais não moram juntos, é muito comum substituir a ausência por presentes. Esses ambientes familiares e sociais conduzem à ideia de incertezas para o futuro e, portanto, as inseguranças que não ajudam a mantê-las protegidas.

Reimaginar um mundo melhor para meninas e mulheres jovens em nossa comunidade migrante é uma tarefa que devemos levar para a perspectiva intergeracional. É por isso que a LAWA, por meio do Programa Change Maker Chavitas, desenvolvido em Espanhol emncolaboração com o Saint Gabriel’s College, fornece conhecimento e ferramentas para que meninas e mulheres jovens sejam transformadoras e sejam mais assertivas e livres de violência. Por meio de oficinas semestrais, falamos sobre autocuidado, segurança, violência de gênero, empoderamento e justiça social para quebrar as barreiras culturais que impedem a integração na comunidade. Reforçamos a ideia de que as mulheres, mesmo quando jovens, têm o direito de levantar a voz, opinar, ser levadas em consideração nas decisões que afetam seu futuro e exercer seus direitos a partir de suas raízes culturais.

Repensar um mundo melhor para meninas e mulheres jovens na comunidade latino-americana no Reino Unido é abrir espaços para que desenvolvam suas capacidades, talentos e sonhos. A motivação pode vir de ver o modelo de outras mulheres latino-americanas que conseguiram abrir um caminho e ser reconhecidas como líderes de nossa comunidade por meio da arte, educação, ativismo, ciência e tecnologia, defesa dos direitos humanos e justiça social. É hora de trabalhar intergeracionalmente e co-criar com meninas e adolescentes latino-americanas, para que se sintam motivadas e reconhecidas.

Neste Dia Internacional das Meninas (11 de outubro), celebramos as meninas de nossa comunidade migrante latino-americana e as gerações de meninas que no Saint Gabriel’s College compartilharam seu tempo, seu amor e seus desejos de viver seus sonhos, até verem eles se tornando realidade. Agradecemos à Srta. Lopez com quem trabalhamos por quatro anos no Change Maker Program Chavitas. Nossas meninas merecem o melhor!

We will reopen our offices in Hackney from the 2nd of August. In order to protect the health and wellbeing of our service users and staff, we will only take pre-booked face-to-face appointments. To book one, please call us on 02072750321 or use our online chat from 9:30 am to 5:30 pm. We will also maintain our remote support. If you require vital assistance, please call 999 available 24 hours, or call the National Domestic Violence Helpline freephone on 0808 2000 247. For more information, go to: https://lawadv.org.uk/en/get-help-coronavirus/ 

Open chat